MISSÃO DO ADVOGADO

A advocacia é um constante exercício da virtude, tais e tantas são as tentações que a envolvem. Submetendo-se às restrições éticas, o advogado assegura a sua liberdade moral de ação e sua independência.
(Eduardo Couture - Mandamentos do Advogado).

Desta forma, entendemos como MISSÃO que o sentido ético deve predominar na relação de patrocínio. Os conceitos de Confiança, Consciência, Independência e Liberdade - têm significados próprios no exercício dessa atividade que foi elevada a nível constitucional, como essencial à administração da Justiça. Confiança, Consciência, Independência e Liberdade - significando que o advogado só se subordina à sua própria consciência; e deverá agir moralmente livre.

O Dever da Verdade

A verdade tem contornos cambiantes e cada um a reconhece, à sua maneira, através de estados íntimos, nem sempre transferíveis e tampouco comunicáveis.
São Tomás de Aquino

Qual a verdade que se evidencia no processo onde atua o advogado ?

Existe, em cada processo, mais de uma verdade possível, conforme a prova produzida. Daí que triunfará a prova que for mais evidente, sem que seja a melhor ou a pior. A esta situação os mestres denominaram de "verdade judiciária".

Como confiamos em Deus, nos limites do nosso conhecimento, buscaremos sempre a verdade, ainda que seja uma "verdade judiciária".